Dreams… dreams, dreams, dreams…

Há algum tempo, eu já não sonhava algo concreto – o que me incomodava um bocado. Enfim, no último fim de semana, eu tive um sonho interessante – quase uma reflexão.

Há alguns anos, eu tive uma tartaruga. Era uma pequinina que se tornou grande e foi morar na casa de uma bióloga amiga da minha irmã. Lá existe um laguinho e a minha tartaruga pode ser mais feliz.

Foi então que em alguma noite da semana passada eu comecei a me questionar sobre tartarugas durante meu sono. E lembrei das Tartarugas Ninja e me lembrei do Mestre Splinter. E… enfim, a minha tartaruga devia ser do tamanho de um prato raso… A que quantidade de radiação ela deveria ser exposta para que adquirisse o tamanho de uma tartaruga ninja? Sério? Juro que passei uma grande parte do sonho me perguntando isso e aí… eu acordei!

Santa Tartaruga!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s