regen und meer

Adoro quando chove e a sujeira da rua fica presa ao asfalto, sem subir, com o vento, para a minha casa. Sinto enorme vontade de abrir a varanda e sentir a umidade entrar nariz adentro e o vento casa afora.
Adoro esse vento sul que vem com as frentes frias e refresca o Espírito Santo inteiro, sempre tão quente durante o ano…
Adoro observar as gotas de chuva no vidro da janela, de casa ou do carro. Assim como adoro tocar o vidro gelado por conta da chuva.
Adoro como chuva combina com sorvete, mesmo quando está frio. E também como combina com filme, vinho, pipoca, queijo e cobertor.
Adoro guarda-chuvas coloridos, que contrastam com o cinza do céu e o molhado da rua.
Adoro sonhar com alguém que me acompanhe nos meus estranhos hábitos de chuva.
Adoro saber que a água que cai na rua é lindamente encaminhada para o mar.
Adoro cheiro de chuva. E o cheiro do ar antes da chuva. Adoro o cheiro da chuva distante.
Acho lindo como os morros ficam de chapéu quando chove – e adoro saber que vai chover ao vê-los cobertos.
Adoro a luminosidade do dia chuvoso, a baixa luminosidade.
E adoro a vontade de fazer nada e só comer para sempre. De esperar a comida chegar até em casa. Ou a torcida para que as ruas alaguem e eu não precise ir à aula no dia seguinte.
Ok, vocês entenderam, eu adoro a chuva.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s